26.9.11

novo endereço

mudei de blog, mas não pensei em outro nome:

http://welcomehomeroxy.wordpress.com/

nova "fase"
novos poemas
com novas temáticas
novas tentativas de prosa
e mais

18.7.11

na tábua

no dia 20 em porto alegre começa a exposição do projeto na tábua, que existe faz tempo sob os cuidados de paulo scott & fabio zimbres e agora apresenta todas as edições juntas. a seleção de ilustradores e escritores é apenas impressionante: http://www.facebook.com/event.php?eid=118387781589437

e um poema inédito meu estará lá, que honra!

2.7.11

agradecimentos do relógio de pulso

o livro não tem página de agradecimentos, mas deixo aqui uma lista de pessoas importantes a quem devo muito e tento agora pagar em poemas:

alice sant'anna, mariano marovatto, bruna beber, renato mazzini, jorge viveiros de castro, editora 7letras, lenora de mello m. sobrinho, sonia maria v. de castro, ademir kimura, camila nham, évelin anhon, angela rodrigues de melo, professores e alunos do colégio são paulo, biblioteca municipal de maringá, prof. salete s. porto, deini s. porto, jary mércio, thiago alonso, maricileni gomes, heloisa buarque de hollanda, ziraldo, ricardo silveira, luana vignon, selo black demon press, leandro de paula, bruno de abreu, aguinaldo cavalheiro, andré de leones, ademir demarchi, germano busch, rodrigo levino, lucas andrade, rodrigo cézar carreira, abner dmitruk, thiago rodrigues, cristiane conti, marisa correa e silva, flávio vieira,

andré kangussu, jaqueline de assis e lucas dólis, gabriel pelacani e lizandra gomes, amanda nonose, eloise garcia, ananda almeida, gláucia almeida, floriza e pérsio, renato santolíquido davini e karina salmen, lucas "caju" fortes, bruno érnica, ivo medeiros, andré brasília, walter junior, camila potenza, thais marques, victor calazans, tati lopatiuk, deco parisatto, viviane oliveira & os poetas que li & os leitores deste blog.

lançamento do relógio de pulso

sexta-feira que vem, dia 8, acontece o lançamento do "relógio de pulso" - aquele "oficial", com mesa de autógrafos onde eu ficarei sentada olhando pra vocês. venham conhecer o livro ou comemorar a poesia, a juventude, a internet ou o que mais vocês quiserem. ficamos na livraria da vila até 22h e depois vamos pra outro lugar!

no facebook: http://on.fb.me/iwmpmz 


27.6.11

lançamento coletivo paulista

todos os livros listrados da coleção lado7 e a revista lado7 serão agora lançados em são paulo, AMANHÃ no bar balcão! apareçam pra conhecer a revista (que é ótima) e os livros. eu estarei lá fazendo dedicatórias também.

no facebook:


26.5.11

dawn dança

25.5.11

curiosidade: relógio de pulso já está à venda

presente pro amigo secreto, gentileza pra namorada, lembrança pra guardar se você lia/lê este blog. espero também que um dia um ou dois compradores (não mais que isso) doem no sebo ou biblioteca e alguém encontre por 2 reais ou de graça e com carteirinha. enquanto esse segundo tempo de sonhos não chega, você já pode encomendar seu relógio de pulso no site da editora: http://www.7letras.com.br/destaques/relogio-de-pulso.html
ele é pequeno, simpático, tem bom preço e existe (eu ainda preciso me certificar pessoalmente).
você pode trazê-lo para o lançamento em são paulo, assim posso oferecer uma mensagem escrita à mão ou um desenho. ou comprar pessoalmente no dia e local divulgados em breve.
você também pode comprá-lo como e-book para o seu leitor.
você também pode comprar a coleção toda na home da editora: http://www.7letras.com.br/. leio faz tempo e indico (muito) todos os poetas.
aqui o convite do lançamento coletivo carioca: 












AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA

lado7

o relógio de pulso tem ótimas companhias (veja você mesmo) e eu tou muito orgulhosa de fazer parte desse grupo de poetas (no sentido de me visualizar andando em câmera lenta num cenário branco com os outros autores). a coleção lado7 será lançada com a revista impressa e digital lado7, com contos, poemas, arte, quadrinhos, easter eggs digitais e várias outras coisas. o primeiro lançamento será carioca, no dia 31 de maio, e depois teremos lançamentos em são paulo. 













24.5.11

orelha do livro

"O tempo dos relógios não é o tempo dos poemas.
O tempo dos poemas não se mede em relógios, instante súbito e preciso que salta à margem das horas para marcar o que está além do tempo: um sorvete que nunca derrete, o repetente da quinta série, aerogramas jamais enviados pelo correio.
Ana Guadalupe sabe como encontrar esses lugares, coisas e tempos onde ficam guardados os poemas, e sabe como mostrar pra gente. Sabe tratar as palavras com doçura, combinando sabores e ritmos, harmonizando sutis modulações, cativando o leitor com um texto que consegue dizer muito falando pouco, como só quem é poeta sabe fazer."

13.5.11

relógio de pulso

é com muita surpresa e ansiedade que trago a notícia do lançamento do meu primeiro livro de poemas. relógio de pulso será publicado dentro de algumas semanas pela editora 7Letras.

divulgarei a data e outras informações em breve pra que possamos comemorar.

beijos & abraços!

10.5.11

temperamento difícil para amar

I
palavras meu amor conhece todas
que belo passatempo é não encher folhas
enquanto examino as ranhuras da mesa
e a paisagem de um restaurante ou padaria
dobrada em pedaços enquanto deixo
de ver e ouvir outra pessoa

II
meu amor não gosta dos sábados
domingos ou dias de semana
meu amor não quer feriados
meu amor não quer tirar folga
eu só queria tirar o dia
pra dizer agora que há você
o que é que vem agora

11.4.11

aos pés dos poemas

pisando no assoalho uma criatura
concebida da mistura de outros três
bichos sem pelos
nenhum ou muitos dedos
sangue seco em cada uma das unhas
ou nenhuma
unha que sangre

2.4.11

daqui a pouco

depois quando não existe
depois
não existe
só o agora continua insistente
se fosse um homem ou mulher de olhos grandes
o agora telefonaria muitas vezes
até que alguém atendesse
pra que a gente se gostasse no primeiro instante
e vivesse dias inteiros estragados por detalhes
aparelhos com defeito, despencamento de cabides
um amigo inconveniente, o gênero errado de filme
alergia a pólen
alergia a cabelos

23.3.11

poltrona 29

os tapetes diante de portas
nunca por você visitadas
estendendo as franjas
em convite

há quem comente
que bonito é conhecer
o mundo em quantidade
visitar países distantes
passar por aqui antes

há quem acredite
que não há pra onde
levar pra longe

as bolsas de pele
embaixo dos olhos de
quem você não conhece

3.3.11

mau sinal no subsolo

mau sinal se aqui não chega
o calor que você dizia
enviar só pra mim
o roteador não tem nada
a dizer sobre os planos
largos acima dos cabos
ninguém pra arrombar as portas
trancadas dos carros
e destruir os anexos
que você dizia manter
só pra mim