5.5.07

poemas pra ninar pesadelos

da encomenda

passos longos em direção ao
ponto árido onde barcos
trazem embrulhos
p. exemplo caixas
de madeira
nas quais os entes
queridos
estão
todos
guardados

-

da comida

é meu desjejum é
meu único
o sinto prestes a ser servido
um prato grande e
vermelho
o vejo antes que seja prato
salivo como um bicho

assim que chega
noto, medonha e trêmula,

que está vazio

-

da nudez

despertar súbito
sob os dedos enormes
dos colegas
há a surpresa
de afinal não ter trazido
sequer o vestido






Um comentário:

menina tamarindo. disse...

o da encomenda me comoveu.

boas palavras senhora palindroma.
beijos.