31.1.09

cabeça de balão

no dia 16 de janeiro esse blog fez aniversário e claro que eu, distraída, não lembrei.

quem escreveu o primeiro post naquele quarto de hóspedes não é (mas é) a mesma pessoa que escreve hoje, temporariamente manca da perna direita por conta de uma cãimbra (nunca mais comprei bananas). não sei o que tinha na cabeça na ocasião, nem nos 24 meses seguintes, nem agora.




27.1.09

versus

os jornais alertavam
sobre sua presença
na cidade
eu ouvia atenta
enquanto bebia leite
sabendo que vinha
ao meu encontro
nos posicionávamos
com capricho num beco
entre os prédios altos

nossos uniformes brilhando
nos movíamos em silêncio
nunca fora do ritmo:
dois lutadores
de videogame

18.1.09

fritas

do outro lado
da mesa
v. abandona
suas batatas
eu suspiro distante
de onde
foi
que
v. tirou
tanta felicidade
dos passeios com seus pais
aos domingos do material
escolar novinho das meninas
que sorriam no baile?

13.1.09

monarquia

as nuvens se atropelando
imensas a gente pensa
que terá um bom ano

as frutas estranhas
na estrada aquele seria
o último

dia da bicicleta roxa
quando o telefone toca
saio na rua de pijama

as nuvens lá suspensas

e a gente sempre pensa
que terá um bom ano