31.8.07

um menino de oito anos surgiu grudado ao corrimão enquanto eu descia os degraus circulares de um edifício comercial no horário de almoço. escolhi as escadas por medo do elevador cujas portas se fecham rápido demais. o menino me seguiu do quarto ao primeiro andar; senti que era um daqueles inimigos pequenos dos videogames: uma gota branca com olhos verticais e helicóptero no boné.


2 comentários:

Guiga disse...

Que Moleque travesso!

amända. disse...

eu tenho mais medo de escadas do que de elevador.
e não é somente do medo de perder o fôlego... ehehe

beijos ana.