25.2.07

o pequeno construtor

pequeníssimo tijolo de madeira
e em diante uma casa
ou uma chácara, como gostam

parece que chove à toa
e conflitos familiares soam bem
à pequena população cujos carros desgovernados se despedaçam
contra os castelinhos

e a srta. leite-moça pensou ter visto uma poça de sangue no
quintal chuvoso
e (sangue)

o relógio da praça central é como um coração, mas
os pequenos amigos de madeira
definitivamente não sabem
o que é isso.

(11/2005)

Nenhum comentário: