1.6.07

maneiras

último telefonema numa noite de março - mergulho
com chiclete do lado esquerdo da boca - incêndio
premeditado na festa junina - bicicleta
pretensiosa que quase voa - queda
artística num banheiro úmido - torcicolo
brusco na hora do abraço


(projéteis de mistério:)
há os que se despedem
nas colisões
com o tempo

3 comentários:

verde velma disse...

final delicioso, palindrominha.

eduardo disse...

parabéns pela coluna...

muito vertebral e bons poemas
como sempre há muito tempo

aline disse...

difícil não se identificar!
;)