9.11.09

bem-amado

perto de coisas como uma galera que vê trechos do futuro mas continua chata, a história de um quarentão que se prostitui até parece entretenimento de qualidade. claro que toda série tenta ir muito além da sinopse e, com um pouco de paciência, qualquer um se surpreende com, digamos, as personalidades dos adolescentes excluídos que interpretam hinos da música pop num coral do colégio.

como o comboio de carnivàle não era feito só de artistas de circo, um cara que se prostitui é muito mais que um garoto de programa mais velho. é por isso que você consegue indicar hung pra sua tia sem sequer mencionar a atividade do protagonista e, sem muito esforço, considerar esse o seriado mais ternura das últimas temporadas.

acontece que ray drecker, o bem-dotado do título nacional, que está prestes a ser demitido do seu emprego ruim e tem um casal de filhos incrivelmente inadequados, certa madrugada acorda com sua casa destruída por um incêndio e passa a viver numa barraca de acampamento, enquanto é humilhado pelo vizinho rico e pela ex-mulher. depois de ir a uma palestra motivacional pouco confiável, ele resolve usar seu maior talento (hum hum) pra ganhar dinheiro, com a ajuda de uma poeta frustrada esquisitinha que tenta fazer pães recheados com poemas. assim nasce a consultoria da felicidade, um jeito bonito de chamar os serviços que ray e tanya passam a oferecer.

a cada não-programa, ray, tanya e os outros personagens não menos perdidos reconstroem suas vidas e às vezes encontram mel de abelha, enquanto a primeira temporada de hung nos presenteia com reflexões sinceras e bem-humoradas sobre homens, mulheres, homens inseguros, mulheres tristes, adolescentes feios, possíveis contratantes de sexo pago e outras maiorias adoráveis que a gente talvez nunca tenha visto na TV.

6 comentários:

amanda. disse...

eu sempre vejo uns trechos na tv.
mas - coincidentemente - é quando o moisa ta pulando os canais, e ele sempre pergunta o se eu ja vi esse filme hung, e eu digo que é seriado, e explico sobre o que é e ele pula pra outro canal.

Túlio disse...

série massa!

Anônimo disse...

I found this site using [url=http://google.com]google.com[/url] And i want to thank you for your work. You have done really very good site. Great work, great site! Thank you!

Sorry for offtopic

Anônimo disse...

Who knows where to download XRumer 5.0 Palladium?
Help, please. All recommend this program to effectively advertise on the Internet, this is the best program!

Ariel Pádua disse...

nunca vi a série, mas se for tão boa como sua 'sinopse-cronicrítica', talvez ainda haja esperança a cabo.

"...e tem um casal de filhos incrivelmente inadequados"

eu ri. :)

Aline disse...

Eu gostei do seu post!
Acho que eu penso o mesmo sobre a primeira temporada de Hung.
Diabos, é tão difícil ver algo bonito e divertido por aí.
Achei tão bonito o último episódio no
qual ele consegue despistar a ex-esposa...ah eu quero ver mais uma temporada!