9.7.07

band-aid em lixo de hotel familiar

permita-me dedilhar
suas veias – poéticas –
convencer que compre
um álbum

o mapa – geográfico –
do mundo no corpo humano
em figurinhas pra recortar
seus exageros

pra ensinar – científico –
que chagas são os cortes
permanentemente abertos
dos hemofílicos

2 comentários:

Marcelo Pierotti disse...

As palavras vão leves, carregando um peso maior do que aquele que esperamos, no fim. Você anda se especializando nisso, hein?

E, não sei explicar, mas a atmosfera disso é, isso sim, o que chamo de contemporâneo.

Está ficando cada vez melhor, meu amor.

Baccios.

nando disse...

isso é genial DEMAIS.